Atualizado em

AÇÕES DA SETIM ASSEGURAM O TELETRABALHO NA QUARENTENA E MAIS DE 9 MIL CHAMADOS JÁ FORAM ATENDIDOS NO PERÍODO

 

O regime de teletrabalho, adotado pelo Judiciário baiano durante a pandemia do novo coronavírus (Covid -19), tem assegurado a continuidade da prestação jurisdicional. Hoje, magistrados e servidores podem trabalhar remotamente graças à atuação da Secretaria de Tecnologia da Informação e Modernização (Setim) que, apoiada por suas Diretorias e Coordenações, vem desenvolvendo soluções em curto espaço de tempo para atender à demanda ocasionada pelo cenário atual.

 

Desde o início do teletrabalho, o setor de tecnologia da Corte baiana já atendeu a mais de 9 mil chamados via Service Desk; disponibilizou mais de 1.200 VPNs (acesso à rede interna do TJBA); e efetivou o desvio de mais de 270 ramais para celulares. O trabalho remoto foi mencionado inicialmente no Decreto Judiciário nº 203 apenas para magistrados e servidores do grupo de risco e ampliado para todos em documentos subsequentes.

 

Confira aqui Decretos e Atos Conjuntos relacionados ao Coronavírus

 

Além dos atendimentos prestados, a Setim disponibilizou ainda salas virtuais para a realização de videoconferências, viabilizando a ocorrência de diversas reuniões de trabalho. Cabe destaque para a reunião promovida na última quarta-feira (1), da qual participaram o Presidente do Judiciário baiano, Desembargador Lourival Trindade, e cerca de outros 50 Desembargadores.

 

Com a publicação, no dia 31 de março, do Decreto Judiciário nº 245, que estabeleceu o uso de videoconferência em sessões de julgamento das Turmas Recursais do Sistema Estadual dos Juizados Especiais que utilizam o Sistema PROJUDI, a Setim passou a atuar também na viabilização dessas sessões virtuais, bem como em adaptações do sistema PROJUDI, buscando atender o quanto disposto no Decreto.

 

Vale salientar que toda a equipe da Setim vem atuando em uma força tarefa conduzida pela Diretoria de Informática, com forte participação de suas Coordenações (COATE, COTEC, CPROD e COSIS), e em parceria com a Diretoria de Modernização e a Coordenação de Projetos de Modernização.