Atualizado em

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2015 - 2020

Nota: Para ter acesso aos documentos em PDF clicar no título.

 

Planejamento Estratégico de TIC 2015 - 2020

O Conselho Nacional de Justiça, por meio da Resolução nº 211, de 15 de dezembro de 2015, determinou a todos os tribunais a elaboração de seu Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação - PETIC, em harmonia com as diretrizes estratégicas institucionais e nacionais. 

As diretrizes estratégicas nacionais de Tecnologia da Informação e Comunicação estão delineadas na referida resolução, que instituiu Estratégia Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação (ENTIC-JUD), com suas metas e indicadores, ao qual os planejamentos estratégicos de TIC dos tribunais devem se alinhar. 

As diretrizes estratégicas institucionais, por sua vez, foram estabelecidas pelo Plano Estratégico do TJBA 2015-2020, aprovado pelo Tribunal Pleno em 27 de Março de 2015.

O Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação - PETIC, para o período 2015-2020, é consequência do processo de alinhamento das ações de Tecnologia da Informação às diretrizes e objetivos estratégicos fixados pelo TJBA, representando a colaboração oferecida pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Modernização do TJBA - SETIM para o cumprimento da Missão e Visão institucionais na busca de um Poder Judiciário que seja modelo de excelência na prestação jurisdicional.

 

 

Plano Diretor de TIC 2015 - 2020

O Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação – PDTIC é o documento que estabelece as principais diretrizes e projetos associados e alinhados ao Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação – PETIC, o qual, por sua vez, está alinhado ao Planejamento Estratégico Institucional – PEI. 

Além de estabelecer o aludido alinhamento, a fim de atingir as metas definidas no nível estratégico a partir de planos operacionais, o PDTIC também adotou, dentre outras, como principal referência as metas estabelecidas na Resolução 211 de 2015 do Conselho Nacional de Justiça, asquais buscam a melhoria da governança, da gestão e da infraestrutura tecnológica no âmbito do Poder Judiciário.