Seu Browser não suporta JavaScript!
TJBA Radio
Rádio TJBA RÁDIO TJBA
Selo Justiça
Facebook Twitter Youtube Flickr Instagram

Tribunal de Justiça da Bahia alcança maior percentual histórico de cumprimento da meta 2 no ano de 2022

Texto: Ascom PJBA

Compartilhar:
Imagem Galeria
Os dados apresentam uma evolução de 29,2% em relação ao ano anterior (40,3%)

Com a consolidação dos dados de produtividade do ano de 2022 apurados na sexta-feira (20), verificou-se que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) alcançou o cumprimento de 69,53% da Meta 2 no ano de 2022. Isso, quer dizer uma evolução de 29,2% em relação ao ano anterior (40,3%), conforme os dados disponibilizados no sistema Exaudi. 

A Corregedoria Geral do TJBA (CGJ), liderada pelo Desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, foi responsável por patrocinar um projeto estratégico, aprovado pela Reunião de Análise da Estratégia (RAE), voltado ao enfrentamento dos processos pendentes de cumprimento da Meta 2. 

Entre as atividades empreendidas, foi realizado um estudo na base de dados do Tribunal, a fim de identificar os processos que compõem o acervo da referida meta e quais as medidas administrativas e cartorárias que poderiam ser adotadas para alcançar os indicadores.  

O resultado da pesquisa ocasionou o Plano Estratégico de Enfrentamento à Meta 2 no Primeiro Grau de Jurisdição, liderado pela CGJ, que não poupou esforços para executar medidas de apoio às unidades judiciais de Entrância Final.  

“O objetivo da nossa gestão é esclarecer que a atuação da Corregedoria deve ser voltada, precipuamente, à orientação e ao apoio para as unidades judiciais, entendendo quais são as dificuldades que obstaculizam as atividades diárias e o cumprimento das metas estabelecidas pelo TJBA e pelo CNJ. O nosso público interno aderiu a proposta e o fruto do trabalho incansável e diligente das unidades pode ser observado, sem sombra de dúvidas, no avanço da porcentagem do cumprimento anual da Meta 2, em comparação aos últimos quatro anos”, pontuou o Corregedor-Geral da Justiça, Desembargador Rotondano.  

Ele destacou, ainda, que os resultados alcançados só foram possíveis graças ao empenho incansável dos (as) magistrados (as) e servidores (as) de primeiro grau, que demonstraram comprometimento com a prestação de um serviço público de qualidade. 

Ao longo do ano de 2022, a Corregedoria Geral de Justiça contou com a atuação da Gestão Itinerante, projeto do Escritório de Projetos e Processos Departamentais (EDEP) da CGJ, e com o apoio do Núcleo Justiça 4.0, sob a gestão da Coordenadoria de Apoio ao Primeiro Grau (CAPG), para orientar e auxiliar as unidades judiciais no sentido de higienizar a base de dados dos sistemas e promover semanas temáticas de julgamento.  

No mesmo ano, a CGJ lançou o Guia de incremento de performance da Meta 2, orientando as unidades sobre como impulsionar as ações que estão incluídas na referida meta, especialmente em relação aos feitos que já haviam sido julgados e permaneciam “em andamento” no sistema.  

A medida se tornou indispensável para identificar a realidade do acervo a fim de serem pensadas as estratégias que seriam adotadas pelas unidades para aprimorar o desempenho. 

Além disso, a Assessoria Especial e a equipe da CGJ promoveram reuniões temáticas entre as unidades judiciais para que houvesse uma verdadeira cooperação entre os atores internos, especialmente entre as unidades que mais necessitavam de suporte, sendo compartilhadas as boas práticas de gestão de secretaria e gabinete entre os próprios servidores, sempre com a finalidade de fomentar a melhoria da prestação jurisdicional. 

A aprovação na RAE e a execução do projeto contaram com irrestrito apoio da Presidência do Tribunal de Justiça da Bahia, comandada pelo Desembargador Nilson Soares Castelo Branco, notadamente por meio da Chefia de Gabinete da Presidência, Secretaria-Geral, Secretaria de Tecnologia e Modernização e Secretaria de Planejamento. 

Para o ano corrente (2023), a Corregedoria Geral de Justiça conta com propostas para serem apresentadas na RAE, sempre contando com o apoio dos (as) servidores (as) e magistrados (as) no sentido de aderir e apoiar as medidas e projetos aprovados, com o propósito de alavancar os resultados já alcançados. 

 

Descrição da imagem: card em tons de verde e cinza com o número 2 de plano de fundo. Traz a mensagem “Julgar para Avançar – colabore com o aumento de produtividade do PJBA” e as marcas do PJBA e da Meta 2 [fim da descrição].  

#pracegover #pratodosverem   

Compartilhar:
Imprimir