Seu Browser não suporta JavaScript!
TJBA Radio
Rádio TJBA RÁDIO TJBA
Selo Justiça
Facebook Twitter Youtube Flickr Instagram

TJBA participa da 8ª edição do Fonamec; evento elege novos dirigentes

Texto: Ascom TJBA com informações do Centro de Comunicação Social do TJGO

Compartilhar:
Imagem Galeria
O evento aconteceu no Tribunal de Justiça de Goiás e discutiu novidades para solução de conflitos sem a via judicial

A Presidente de Honra do Núcleos Permanentes de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJBA (Nupemec), Desembargadora Joanice Maria Guimarães de Jesus, representou o Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) no Fórum Nacional da Mediação e Conciliação (Fonamec), que aconteceu no Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), nesta quinta e sexta-feira (11 e 12/04). Também participaram do evento, pelo TJBA, a Assessora Miriam Santana e a Mediadora Judicial de Salvador, Viviane de Jesus.

O evento está em sua 8ª edição e tem como proposta trazer novidades para a solução de conflitos sem utilizar a via judicial. A abertura aconteceu na quinta-feira (11) no plenário do TJGO, e teve a participação do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Paulo de Tarso Sanseverino, que palestrou sobre demandas de massa. A Conselheira do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Daldice Santana, que também é baiana, participou do Fórum.

Nesta sexta-feira (12), o Fonamec elegeu seus novos dirigentes. O Presidente eleito é o Juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), Alexandre Lopes de Abreu, o 1º Vice-presidente é o Desembargador Raduan Miguel Filho, de Rondônia, e a 2ª Vice-presidente, Luciana Yuki Fugishita Sorrentino, do Distrito Federal. A cerimônia foi conduzida pelo até então Presidente, Juiz Paulo César das Neves, Diretor do foro de Goiânia e Coordenador adjunto do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec).

O encontro foi encerrado nesta sexta, com mesas redondas sobre judicialização da saúde e mediação em cartórios extrajudiciais. A agenda também contou com palestras sobre ajuizamentos predatórios e litigância de má-fé; ministrada por Luiz Rodrigues Wambier; e novas jurisdições para solução de controvérsias, pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Moura Ribeiro.

Compartilhar:
Imprimir