Seu Browser não suporta JavaScript!
TJBA Radio
Rádio TJBA RÁDIO TJBA
Selo Justiça
Facebook Twitter Youtube Flickr Instagram

TJBA parabeniza Juízes pelos 20 anos dedicados à Magistratura

Texto: Ascom

Compartilhar:
Imagem Galeria

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) homenageia o aniversário de 20 anos da turma de magistrados de 1999. A primeira (1999.1) se formou em abril e a segunda (1991.2) comemora a formatura em dezembro deste ano. São duas décadas de dedicação a um ofício que promove a justiça por meio da prestação de serviços aos jurisdicionados.

Como lembra o Juiz de Direito Anderson Bastos, formando da primeira turma daquele ano, “nossa turma completou ontem 20 anos na magistratura. Em seguida, nós tivemos um mês de curso de formação. No dia 17 de maio de 1999, assumimos as primeiras comarcas por designação do Presidente do Tribunal de Justiça, à época, o Desembargador Jatahy Fonseca, pai do Desembargador Jatahy Fonseca Júnior”. E complementa: “é uma turma que vem mostrando um bom trabalho e serviço na justiça da Bahia. Magistrados de excelência e muitos despontam como referência no cenário nacional”.

magistrados-turma-de-1999-2 TJBA parabeniza Juízes pelos 20 anos dedicados à Magistratura
Juízes de Direito na formatura em abril de 1999

Prestar a homenagem significa recordar a trajetória desbravadora e empreendedora dos magistrados pelas comarcas onde passaram e deixaram ensinamentos valiosos. Na jornada, grandes obras foram escritas, de forma simples e em papel comum. Um patrimônio intangível que, com a valiosa contribuição de cada um dos juízes de direito, agrega, continuamente, valor ao Judiciário baiano.

Neste momento comemorativo, o Presidente do TJBA, Desembargador Gesivaldo Britto, destaca o trabalho desenvolvido com esmero e felicita essas turmas pelo aniversário de 20 anos de magistratura. “Sem a dedicação de homens e mulheres empenhados no labor diário, que não raras vezes se deu em locais de difícil acesso e com ínfimos recursos materiais, não teria sido possível construir esta magnífica obra institucional”, registra.

Muitas conquistas marcaram o Judiciário baiano nessas duas décadas. Hoje, o TJBA, o mais antigo das Américas, é destaque no cenário nacional. Em dezembro de 2018, pela segunda vez consecutiva, alcançou a Categoria Ouro no Selo Justiça em Números, premiação concedida pelo Conselho Nacional de Justiça. A honraria premia os tribunais que mais investem na excelência da produção, gestão, organização e disseminação de suas informações administrativas e processuais.

Para se manter em evidência e, continuamente, evoluir, o Judiciário baiano está concentrado para atender às Metas Nacionais aprovadas pela Justiça Estadual e estabelecidas anualmente pelo CNJ. Para este ano, entre as diretrizes, está a Meta 2. Possui como prerrogativa identificar e julgar até 31/12/2019, pelo menos, 80% dos processos distribuídos até 31/12/2015 no 1º grau, 80% dos processos distribuídos até 31/12/2016 no 2º Grau, e 90% dos processos distribuídos até 31/12/2016 nos Juizados Especiais e Turmas Recursais.

Metas só podem ser alcançadas se houver o empenho de todas as unidades do Judiciário baiano. Essa concepção está registrada no slogan criado pela Presidência. “TJBA Todos Juntos – Servidores, Magistratura, Presidência e você: caminhar juntos para chegar juntos. A frase ressalta a importância da atuação conjunta e valorização de servidores, magistrados e toda a sociedade na construção do Judiciário”, salienta o Presidente do TJBA, Desembargador Gesivaldo Britto.

Compartilhar:
Imprimir