Seu Browser não suporta JavaScript!
TJBA Radio
Rádio TJBA RÁDIO TJBA
Selo Justiça
Facebook Twitter Youtube Flickr Instagram

Portal de registro de imóveis, lançado nesta sexta-feira (19), prioriza a prestação de serviço ao cidadão

Compartilhar:
Imagem Galeria

A Corregedoria Geral da Justiça (CGJ), que tem à frente a Desembargadora Lisbete Maria Teixeira Almeida Cezar Santos, lançou a Central Eletrônica de Registro de Imóveis, nesta sexta-feira (19), durante o I Encontro de Registradores de Imóveis da Bahia. A ação é uma parceria com a Associação dos Registradores de Imóveis do Estado da Bahia (Ariba) e o Instituto Brasileiro de Direito Imobiliário (Ibradim).

Clique aqui e veja galeria de fotos

O lançamento do portal (www.registrodeimoveis.org.br) relativo ao registro de imóveis prioriza a melhor prestação jurisdicional ao cidadão, por meio do cumprimento da Meta 5 do Conselho Nacional da Justiça (CNJ). Essa determinação, voltada para o Extrajudicial, consiste em fiscalizar os serviços prestados de forma eletrônica pelos cartórios.

O novo portal integra os serviços oferecidos eletronicamente pelos Cartórios de Registro de Imóveis dos seguintes Estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Bahia, Pernambuco, Ceará, Pará, Espírito Santo e Rondônia. Por esta Central, é possível realizar solicitações sem se deslocar ao Registro de Imóveis, trazendo agilidade, segurança e conveniência.

A Desembargadora Lisbete Maria Teixeira Almeida Cezar Santos comentou sobre a função da Corregedoria no evento e como a nova Central trará agilidade para o atendimento ao cidadão.

145-Eleição-Biênio-2018-2020-Lisbete-Maria-T.-Almeida-Cézar-Sntos-Desa.-008.-011-150x150 Portal de registro de imóveis, lançado nesta sexta-feira (19), prioriza a prestação de serviço ao cidadão

 

Marcelo Nachar, Diretor da Ariba, agradeceu à Corregedoria e falou sobre a importância da Central para o Estado da Bahia.

 

 

Além dos portais de Informações do Registro Civil (CRC); Nacional de Registro de Títulos e Documentos e de Pessoas Jurídicas (IRTDPJBrasil); Notarial de Serviços Eletrônicos Compartilhados (Censec); e do Tabelionato de Protesto (IEPTB); o Judiciário baiano disponibiliza ao cidadão a Central de Registro de Imóveis do Brasil.

O Encontro de Registradores também contou com a palestra do Professor Fredie Didier Jr, que falou sobre “O CPC e as serventias extrajudiciais”; com um debate de Representantes da Ariba, da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo (ARISP) e do Rio de Janeiro (ARIRJ); e a palestra do Desembargador Luís Paulo Aliende Ribeiro, do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Os debates continuam neste sábado (20), em um hotel de Salvador, com palestras do Juiz Pablo Stolze; da Registradora de Virginópolis – Minas Gerais, Michely Freire; e do Registrador de Catanduva – São Paulo, Alexandre Pinho.

 

 

Compartilhar:
Imprimir