Seu Browser não suporta JavaScript!
TJBA Radio
Logo
Rádio TJBA RÁDIO TJBA
Selo Justiça
Facebook Twitter Youtube Flickr Instagram

PJBA automatiza a migração e digitalização dos processos do sistema SAJ para PJE

Texto: Ascom PJBA

Compartilhar:
Imagem Galeria

A Secretaria Judiciária (Sejud) do Poder Judiciário da Bahia (PJBA), por meio da Diretoria de Primeiro Grau (DPG) e em parceria com a Secretaria de Tecnologia da Informação e Modernização (Setim), automatizou a migração e digitalização dos processos no Unijud Digital. A medida permitiu a migração de um volume significativo de processo em tempo recorde e reduziu a quantidade de mão de obra dedicada a este trabalho.

O migrador do Sistema SAJ para o PJE, que tinha sido desenvolvido anteriormente pela Setim, foi aperfeiçoado e agora consegue migrar de forma automática mais de 90% dos processos que estiverem na respectiva fila de migração do SAJ.

Como resultado das melhorias implementadas, mais de 40 mil processos foram migrados de modo automático, sem qualquer intervenção humana no tratamento das pendências. Para realizar esse mesmo trabalho de forma manual, considerando uma produtividade de 15 processos por dia, seriam necessários 20 pessoas trabalhando durante mais de seis meses e meio.

O sucesso da solução desenvolvida decorre da aplicação de técnicas de automação na resolução, da mesma forma como os estagiários faziam, referente às pendências de migração mais recorrentes.

Atualmente o migrador já consegue resolver sozinho as pendências de CEP em branco ou inválido; assunto em branco ou inválido; documentos pendentes de juntada; documento de identificação em branco ou inválido; e determinadas competências inválidas.

A automatização e os resultados alcançados vão ao encontro das prioridades estabelecidas pela gestão do Presidente do PJBA, Desembargador Lourival Almeida Trindade. Valorizar o primeiro grau de jurisdição e investir em tecnologia para melhorar a prestação jurisdicional é uma das metas de trabalho.

Compartilhar:
Imprimir