Seu Browser não suporta JavaScript!
TJBA Radio
Rádio TJBA RÁDIO TJBA
Selo Justiça
Facebook Twitter Youtube Flickr Instagram

Outubro Rosa: artigo fala sobre sentimento de culpa e a relação com autocuidado

Texto: Ascom TJBA

Compartilhar:
Imagem Galeria

A importância do autocuidado e da promoção da saúde pessoal, mesmo diante às demandas e cobranças do dia a dia é destaque no artigo da psicóloga da Coordenação de Saúde Ocupacional (COSOP) do Poder Judiciário da Bahia (PJBA), Taiane Nascimento Souza Lucas.

O texto, que segue abaixo, faz parte das ações de orientação e conscientização que o Tribunal baiano realiza neste mês, como parte da Campanha Outubro Rosa. No PJBA, a COSOP e a Diretoria de Assistência à Saúde (DAS) encontram-se de portas abertas para esclarecimento de quaisquer possíveis dúvidas médicas em relação à prevenção ou diagnóstico do câncer de mama, em qualquer época do ano.

Outubro Rosa: sentimentos de culpa como dificultador do autocuidado

Por Taiane Nascimento Souza Lucas, Psicóloga da Cosop

As crenças de responsabilidade pelo bem-estar da família é algo que, muitas vezes, acompanha às mulheres desde muito cedo. Seja por autocobranças em reproduzir papéis historicamente desempenhados por outras figuras femininas ou por ausência de apoio no atual contexto de vida, tal responsabilização exclusiva está associada a frequente presença de sentimentos de culpa ao não atender às expectativas esperadas, ou mesmo, o surgimento de emoções tais como ansiedade e medo de julgamentos sociais.

Comumente, observa-se mães, esposas, irmãs atribuírem níveis de descontentamento de familiares a mera deficiência ou falha do seu papel como cuidadora. Esse sentimento de culpa de forma exacerbada contribui, em muitos casos, para a priorização da satisfação do outro em detrimento às práticas de autocuidado e de promoção da saúde pessoal, como por exemplo o esquecimento da realização de exames preventivos, a falta de rotina de atividade física, e sobretudo, a ausência de atenção às suas necessidades emocionais.

A identificação da ocorrência habitual de sentimentos de culpa é importante para que o indivíduo avalie quais são os padrões de cobranças internalizados, as prioridades que foram estabelecidas, bem como a necessidade do respeito às suas limitações individuais.

Visando trabalhar de forma pontual temáticas como esta, a Coordenação de Saúde Ocupacional dispõe do serviço de Acolhimento Psicológico. Para realizar o agendamento é necessário o encaminhamento de e-mail para o endereço psicossocial@tjba.jus.br.

 

SAIBA MAIS:

OUTUBRO ROSA: ARTIGO INDICA ALIMENTOS QUE PODEM AUXILIAR NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: ARTIGO TRAZ INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: COORDENAÇÃO DE SAÚDE OCUPACIONAL CHAMA ATENÇÃO PARA A NECESSIDADE DE ADOÇÃO DE HÁBITOS SAUDÁVEIS NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PARCERIA DO PJBA E FUNDAÇÃO JOSÉ SILVEIRA ATENDE MAIS DE CEM MULHERES NO TRIBUNAL

 

Compartilhar:
Imprimir