Página Inicial » INFORMES » Alagoas: Vara da Infância e Juventude de Maceió é totalmente virtualizada
Alagoas: Vara da Infância e Juventude de Maceió é totalmente virtualizada PDF Imprimir E-mail

Os 1.100 processos em tramitação na 28ª Vara Cível da Infância e Juventude da Capital, situada na Rua Hélio Pradines, no bairro da Ponta Verde, em Maceió (AL), encontram-se virtualizados desde o dia 10 deste mês. A 28ª é a segunda Vara totalmente virtualizada da Capital e a terceira unidade Judiciária virtualizada do Estado de Alagoas. Segundo o magistrado titular da 28ª Vara Cível da Infância e Juventude, Fábio José Bittencourt Araújo, o processo de virtualização completo durou cerca de três a quatro meses.

O juiz explicou que as suspensões de prazos processuais foram importantes para adiantar a virtualização e destacou a relevância de mais uma Vara virtualizada para o Poder Judiciário alagoano. “A importância está, em primeiro lugar, na celeridade da tramitação dos processos e na economia do consumo de papel, que diminui consideravelmente. Com isso, estamos poupando muitas árvores de serem destruídas e, consequentemente, protegendo a natureza”, frisou.

Para a escrivã Teresa Cristina de Jesus Pereira do Nascimento, com a virtualização, os serviços em geral da unidade Judiciária ficaram mais hábeis. “A gente consegue realizar as atividades com mais agilidade, as mesas ficam livres de processos, não precisamos mais depurar as folhas e enumerar as páginas, pois não há mais necessidade”, destacou a servidora.

Virtualização – Em setembro de 2011, a Comarca de Maribondo, interior de Alagoas, se tornou a primeira Comarca totalmente virtualizada do Brasil. Este ano, no dia 26 de setembro, a 25ª Vara Cível de Família da Capital passou a ter todos os processos em tramitação virtualizados.

A virtualização do Poder Judiciário alagoano foi implantada pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), desembargador Sebastião Costa Filho, com o propósito de garantir maior agilidade ao trâmite processual com redução de custos e extinção de processos em papel.

 Fonte: Abraminj

 
Banner

  Voltar