Página Inicial » INFORMES » Mutirão de adoção visa a garantir Natal com famílias substitutas
Mutirão de adoção visa a garantir Natal com famílias substitutas PDF Imprimir E-mail

 

Com o propósito de permitir que 46 crianças e adolescentes passem o próximo Natal com famílias substitutas, a equipe da 1ª Vara da Infância e Juventude de Salvador realizou na terça (12) e na quarta-feira (13) mutirão de audiências para deliberar sobre a situação desses menores destituídos do poder familiar.

A ação teve por prioridade agilizar o andamento dos processos e, consequentemente, dar a essas crianças e adolescentes um Natal diferente. Para tanto, reuniu os esforços concentrados de promotores de justiça, defensores públicos e curadores de ausentes, além de equipe técnica e psicossocial, gestores das unidades de acolhimento e habilitados à adoção.

“A importância da família na vida do ser humano é indiscutível, visto que é por meio dela que o indivíduo cresce formando seus primeiros conceitos e valores que o conduzirão até o fim da vida”, afirma o juiz titular da 1ª Vara da Infância e Juventude de Salvador, Walter Ribeiro Costa Júnior, sobre a necessidade do mutirão.

A 1ª Vara da Infância e da Juventude de Salvador, que funciona, temporariamente, na Rua Antônio Carlos Magalhães (Itaigara), é o Juízo ao qual compete conhecer as ações cíveis fundadas em interesses individuais, coletivos e difusos afetos à criança e ao adolescente, observado o disposto no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8069/90).

Texto: Ascom TJBA / Foto: Nei Pinto

 

 
Banner

  Voltar