Publicado em 19/08/2019 às 09h58

SERVIDORES PARTICIPAM DA SEGUNDA ETAPA DA CAPACITAÇÃO EM TÉCNICAS PARA ENTREVISTA INVESTIGATIVA

 

O curso foi realizado em duas etapas, a segunda aconteceu nesta terça e quarta-feira (13 e 14/08)

A segunda etapa do Curso de Capacitação em Técnicas para Entrevista Investigativa teve início nesta terça-feira (13), no Auditório da Universidade Corporativa (Unicorp) do Tribunal de Justiça da Bahia. O curso é uma iniciativa da Coordenadoria da Infância e Juventude do TJBA, presidida pela Desembargadora Soraya Moradillo, com o apoio da Unicorp, coordenada pela Juíza Assessora Especial da Presidência para Assuntos Institucionais (AEP II).

Nessa segunda etapa, que inicia nesta terça-feira (14), foi realizada a supervisão das entrevistas feitas e retrospectiva sobre as fases para realização da entrevista investigativa. O Professor e Psicólogo William Cecconello iniciou as atividades. Ele é Mestre em Psicologia, com ênfase em cognição humana, e teve como orientadora a Professora Lílian Milnitsky Stein, responsável pela capacitação dos servidores do TJBA.

A Professora Lílian Milnitsky, Ph.D em Psicologia Cognitiva, ministrou a capacitação trazendo os desafios para a oitiva de crianças e adolescentes, além de trabalhar com outras temáticas como técnicas problemáticas para a oitiva de crianças; técnicas científicas para obtenção de testemunho infantil e o depoimento especial; e a atuação do magistrado durante o depoimento especial.

Direcionado para servidores que atuarão como facilitadores/entrevistadores na capital e comarcas do interior do estado, o curso “Capacitação em Técnicas Científicas para Entrevista Investigativa com Crianças e Adolescentes no Contexto do Depoimento Especial”, teve sua primeira etapa entre os dias, 23 a 26 de abril. Participam da capacitação Servidores das Comarcas de Feira de Santana, Ilhéus, Lauro de Freitas e Juazeiro.

A formação, com carga horária total de 44 horas, considera a demanda crescente de realização do depoimento especial nos moldes da Lei 13431, de 04 de abril de 2017 e da Resolução nº 12/2018 do TJBA. A Professora Lílian Milnitsky Stein, que ministra a formação, é também pesquisadora na área da memória, com atuação na formação e treinamento de profissionais voltados para o campo de entrevistas com crianças e adolescentes testemunhas e vítimas de violência sexual.

Texto: Ascom TJBA