Publicado em 03/06/2019 às 11h46

Seminário debate questões que auxiliam no acolhimento e na adoção de crianças e adolescentes

 

A quinta edição do Seminário “Desmistificando a Adoção: Mitos e Verdades” aconteceu nesta quinta-feira (23), promovida pela 1ª Vara da Infância e Juventude de Salvador, com a colaboração da Universidade Corporativa (Unicorp) do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA). A ação foi realizada na sede da Unicorp, localizada no bairro do Monte Serrat, em Salvador.

A Assistente Social Denise Ferreira, responsável pela coordenação do evento, informou que o seminário foi idealizado após a chegada do Juiz Walter Ribeiro Costa Júnior, como Titular na 1ª Vara da Infância e Juventude de Salvador. O intuito é propiciar discussões sobre a adoção e desmistificar questões consideradas mitos.

A abertura foi marcada pela história da jovem Adriana Quintiliano, que esteve institucionalizada anteriormente, passou por dificuldades e alcançou a resiliência. Atualmente, Adriana trabalha como modelo, tornou-se digital influencer e base de inspiração para o trabalho do Poder Judiciário e, principalmente, das instituições de acolhimento.

No seminário foram debatidas questões relacionadas à adolescência, preparação do adolescente para o desligamento do acolhimento e o Plano Individual de Atendimento (PIA), documento obrigatório trabalhado nos abrigos, que acompanha o jovem desde o início do acolhimento até a saída do mesmo. Além disso, foi discutida a preparação do jovem afrodescendente. “Isso porque não é de qualquer adolescente que nós estamos falando. Das nossas crianças disponíveis para adoção, 89% são pretas e pardas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)”, pontuou Denise Ferreira.

Na oportunidade, o Magistrado Walter Ribeiro Costa Júnior fez esclarecimentos sobre a proposta do “V Seminário Desmistificando a Adoção: Mitos e Verdades”, e o enfoque referente à adoção necessária de adolescentes.

 

 

Walter Ribeiro Costa Júnior
Magistrado

   A Desembargadora Soraya Moradillo, Responsável pela Coordenação da Infância e Juventude (CIJ), também comentou sobre a resistência relacionada à adoção de adolescentes e construção de caráter.


Desembargadora Soraya Moradillo
Responsável pela Coordenação da Infância e Juventude (CIJ)

 

Na parte da tarde, dando continuidade ao evento, estiveram presentes os palestrantes Anailton do Anjos, Gilca Oliveira Carreira, Lúcia Vaz de Campos Moreira, para desempenhar capacitação com as equipes dos abrigos (pedagogos, assistentes sociais, psicólogos e outros atores do sistema de garantia de direitos).

De acordo com Denise Ferreira, trabalhou-se a orientação técnica da construção do PIA, objetivando contribuir com os ajustes aos documentos dos abrigos, das instituições que não possuem estruturação do PIA e o alinhamento desse documento, para fornecer melhorias no acompanhamento das crianças, em especial, dos cercados de diversas demandas.

Na ocasião, a Assistente Social Denise Ferreira também ressaltou a importância do Plano Individual de Acolhimento (PIA) para a ressocialização do adolescente institucionalizado.

 

Denise Ferreira
Assistente Social

 

 Unicorp – A Universidade Corporativa do TJBA constitui uma prioridade da gestão do Presidente do TJBA, Desembargador Gesivaldo Britto. Unidade vinculada à Assessoria Especial da Presidência II Assuntos Institucionais (AEP II), cuja coordenação cabe à Juíza Rita Ramos, a Unicorp possui como propósito o planejamento, a consolidação e a expansão do sistema integrado de educação corporativa. Sua atuação foca na formação e aperfeiçoamento de magistrados e servidores, bem como na gestão do conhecimento, alinhando-se às diretrizes e aos objetivos estratégicos do TJBA.