Publicado Segunda-feira, 20 Março 2017 10:37

Corregedoria Geral da Justiça busca tornar mais ágil comunicação com pedidos por email

Os juízes criminais de Salvador podem, a partir desta segunda-feira (20), requisitar a presença de réus presos para audiências por correio eletrônico, em substituição aos expedientes por meio físico.

O mesmo procedimento deve ser adotado para a solicitação de audiências por videoconferência e para a expedição de alvarás de soltura.

A determinação está publicada na edição desta segunda-feira (20) do Diário da Justiça Eletrônica no Provimento 2/17, da Corregedoria Geral da Justiça.

De acordo com o provimento, os magistrados podem solicitar a presença de réus presos, desde que custodiados nos presídios baianos, pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . A comprovação de leitura deverá ser juntada aos autos.

Para agendamento de audiência por videoconferência, um procedimento semelhante deverá ser adotado por meio do endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Já os alvarás de soltura serão encaminhados para cumprimento por meio do O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

O procedimento também é válido para o plantão judiciário, aos sábados, domingos e feriados. Contudo, nestas hipóteses, o encaminhamento deverá ser realizado até as 12 horas e com comunicação ao servidor de sobreaviso, pelo telefone.

Ficará a cargo da Central de Serviços Penitenciários (CESP) informar ao Juízo Criminal a data do efetivo cumprimento do alvará em até 72 horas. Após o trâmite, a informação deverá ser juntada aos autos respectivos.

Clique aqui e veja o Provimento 2/17

Texto: Ascom TJBA

  • Voltar

5ª Av. do CAB, nº 560. Salvador/BA - Brasil - CEP 41745-971

Redes Sociais

           

APPTJBA MOBILE