Publicado Sexta-feira, 30 Março 2012 07:00

Casa de Justiça e Cidadania de Piatã completa dois meses de atendimento

A Casa de Justiça e Cidadania de Piatã, projeto desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, completa hoje dois meses de funcionamento em parceria com a Fundação Lar Harmonia. 

A Casa de Justiça e Cidadania é uma rede integrada de serviços e projetos do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, Governo do Estado, Ministério Público e Prefeitura de Salvador, com o objetivo básico de prestar serviços relacionados a justiça e a cidadania como: mediação de conflitos e orientação jurídica nos casos de reconhecimento e dissolução de união estável, pensão alimentícia, reconhecimento de paternidade, divórcio e questões cíveis de menor complexidade.  

A unidade de Piatã conta ainda com balcões de atendimento do SAC, oferecendo serviços de retirada de RG, CPF, antecedentes criminais, Bolsa Família, além de contar com um balcão do SineBahia, auxiliando aqueles que estão à procura de emprego.Tudo isso gratuitamente.

No futuro, serão oferecidos, também, cursos profissionalizantes para a população carente.

Com uma média de 100 atendimentos diários, a casa funciona graças ao empenho de dezenas de funcionários, estagiários e advogados voluntários, como é o caso de Jianinni Gomes, advogada que promove mediação e conciliação jurídica. 

“A nossa grande satisfação é ver pessoas chegarem chorando e saírem sorrindo, como um casal que veio pronto para dar entrada no divórcio e após nossos conselhos saiu unido. São lições que levo para minha vida pessoal”, afirma Jianinni.

O Promotor de Justiça Adilson Oliveira afirmou que um dos casos mais curiosos que presenciou na casa, aconteceu há poucos dias, quando uma jovem, ainda grávida, deu entrada no pedido de pensão alimentícia e o seu antigo companheiro não só compareceu espontaneamente, como ofereceu uma Pensão Gravídica, para ajudá-la durante o processo de gestação. 

Por conta da parceria com a Fundação Lar Harmonia, a Casa de Justiça e Cidadania conta com um núcleo de psicologia, oferecendo assistência em casos onde se perceba relação com o uso de drogas, ou em casos de abuso sexual.

Esta é a segunda unidade em funcionamento na capital baiana. A primeira Casa de Justiça e Cidadania foi inaugurada em 2010 e funciona no NAJ, na Baixa dos Sapateiros. 

Texto: Ascom / Foto: Nei Pinto

  • Voltar

5ª Av. do CAB, nº 560. Salvador/BA - Brasil - CEP 41745-971

Redes Sociais

           

APPTJBA MOBILE