Publicado Quarta-feira, 25 Março 2009 08:18

SAJ Cajazeiras já funciona com o Projudi

A unidade do Serviço de Atendimento Judiciário (SAJ) do bairro de Cajazeiras já recebe os processos por meio do Projudi, um sistema de computador desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que permite a tramitação totalmente eletrônica de processos judiciais, sem utilização de papel. Na segunda-feira, dia 30, o sistema entra em operação no SAJ Periperi.

Os documentos são digitalizados e o processo eletrônico é distribuído automaticamente para um dos juizados – onde o Projudi esteja instalado – a exemplo das unidades 1º Juizado Especial de Defesa do Consumidor/Universo, 1º Juizado Especial Defesa do Consumidor/Extensão NAJ, 2º Juizado Especial de Defesa do Consumidor-Brotas e nos SAJs Iguatemi, Boca do Rio, Instituto do Cacau, Barra e Cajazeiras.

A coordenadora de implantação do Projudi, Elizabeth Lorenzo, destaca os benefícios que o software propicia, entre os quais a eliminação do que o CNJ denomina de “tempo morto do processo”. Ela explica que trata-se do tempo gasto para furar papel, gerar capa de processo, carimbar, procurar o processo para o advogado, entre outras. Com o sistema, basta digitar o número do processo que o documento estará disponível na tela do computador.

Os servidores do SAJ Cajazeiras foram treinados na semana passada durante quatro dias, na sede do Ipraj.

  • Voltar

(71) 3372-5686 / 5689

5ª Av. do CAB, nº 560. Salvador/BA - Brasil - CEP 41745-971

Redes Sociais
APPTJBA MOBILE