BANCO DE INTERINOS

Observando os requisitos da Resolução nº 80/2009, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Corregedoria Geral da Justiça e a Corregedoria das Comarcas do Interior disponibilizam o formulário para cadastramento de serventias extrajudiciais baianas, no momento, vagas, que almejem constar no referido banco de dados, até a realização de Concurso.

Ressalvamos que o Banco de Interinos é unicamente uma fonte de consulta, sem qualquer juízo de aprovação, por parte das Corregedorias, a cerca das pessoas que neles se inscrevam, cabendo ao Juiz Corregedor Permanente, antes da indicação, verificar o preenchimento dos requisitos legais e administrativos.

Eventuais alterações nas designações antes referidas, poderão ocorrer por deliberação das Corregedorias, quando necessário.

Os formulários serão encaminhados ao endereço eletrônico nicci@tjba.jus.br.

DADOS PESSOAIS

Nome:*
Nome do Pai:*
Nome da Mãe:*
Data de Nascimento:*
Sexo:*
Estado Cívil:*
Nacionalidade:*
Naturalidade:*
UF:*
E-mail:*
Título de Eleitor:*
Documento de Identidade:*
Órgão Expedidor:*
UF:*
Data de Emissão:*
CPF:*

ENDEREÇO RESIDENCIAL

ENDEREÇO:*
Número:*
CEP:*
Complemento:*
Bairro:*
Cidade:*
UF:*

TELEFONES

Residencial:
Comercial:
Celular*

ESCOLARIDADE

Curso*:
Instituição de Ensino*:
Ano*:

PÓS-GRADUAÇÃO

Tipo de Formação:
Área de Formação:
Instituição de Ensino:
Ano:

UNIDADE EXTRAJUDICIAL ONDE PRESTA SERVIÇOS

Função Atual*:
Nome da Unidade*:
TEMPO TOTAL DE EXPERIÊNCIA COMO PREPOSTO
TEMPO COMO SUBSTITUTO NA FORMA DO § 5° DO ART. 20 – L. 8535/94

SERVENTIAS EM QUE JÁ TRABALHOU E PERÍODOS

Serventia:*
Períodos:*
Serventia:
Períodos:
Serventia:
Períodos:

SERVENTIA/COMARCA DE INTERESSE

Declaro, para os fins do § 2º, do art. 3º, da Resolução nº 80, do Conselho Nacional de Justiça, que não sou parente, até o terceiro grau, por consangunidade ou afinidade, de magistrados que estejam incumbidos da fiscalização dos serviços notariais e registrais, de Desembargador integrante do Tribunal de Justiça da unidade da federação que desempenha o respectivo serviço notarial ou de registro, ou em qualquer outra hipótese em que ficar constatado o nepotismo, ou o favorecimento de pessoas estranhas ao serviço notarial ou registral, ou designação ofensiva à moralidade administrativa.