CAMPANHA “ADOTE – ENCONTRO DE CORAÇÕES” PROMOVE CURSO DE HABILITAÇÃO PARA AS COMARCAS DE PORTO SEGURO E REGIÃO

Publicado em 17 de maio de 2019 às 10:08 Atualizado em: 17 de maio de 2019 às 10:08
Compartilhar:

A Corregedoria das Comarcas do Interior (CCI) do Tribunal de Justiça da Bahia, dentro das ações da Campanha “Adote-Encontro de Corações”, e a Vara da Infância e Juventude de Porto Seguro realizam o curso de habilitação para os pretendentes à adoção da região e debates sobre o tema. O evento acontece na quarta-feira (22), das 8h30 às 16h, no Salão do Júri do Fórum Dr. Osório de Menezes (Rua Antonio Osório Batista, 266, Porto Seguro – BA).

Interessados em adotar, não somente da Comarca de Porto Seguro, como também das Comarcas de Belmonte, Caravelas, Eunápolis, Guaratinga, Itabela, Itamaraju, Itanhém, Medeiros Neto, Mucuri, Nova Viçosa, Prado e Santa Cruz Cabrália, estão convidados a participar do curso, desde que haja ação de habilitação à adoção na comarca de residência.

O Juiz Titular da Vara da Infância de Porto Seguro, Rogério Barbosa de Sousa e Silva, destaca a satisfação de realizar o projeto com a CCI e o ganho da população.

 

Rogério Barbosa de Sousa e Silva
Juiz Titular da Vara da Infância de Porto Seguro


O evento comemorativo ao Dia Nacional da Adoção, celebrado em 25 de maio, objetiva contribuir no processo de preparação dos habilitandos para a maternidade/paternidade, propiciando um espaço para discussão, orientação e reflexão sobre os aspectos jurídicos e psicossociais em questão.

No primeiro turno do curso será realizado um encontro de caráter vivencial entre Técnicos (Psicóloga, Assistente Social), Promotores, Juiz da 1ª Vara da Infância e Juventude de Porto Seguro e os habilitandos. No período vespertino, o Desembargador Salomão Resedá, Corregedor das Comarcas do Interior do TJBA, faz uma exposição sobre os aspectos gerias da adoção. Em seguida, Etani Souza Fontes conta sua experiência de 47 adoções.

Estão convidados a participar representantes da prefeitura, unidades judiciais, órgãos judiciários e governamentais que atuam na defesa da criança e adolescente.

A inscrição para o curso de habilitação deve ser feita com o preenchimento da ficha de inscrição (clique aqui e acesse), e posterior envio para o e-mail zrsousa@tjba.jus.br, até esta sexta-feira (17).

A campanha “Adote – Encontro de Corações” realiza uma série de atividades educativas, para esclarecer sobre a temática e reforçar a importância de adotar crianças fora do perfil idealizado pela maioria dos habilitados para adoção. Além de Porto Seguro, as ações acontecem em Mucuri, Itamaraju, Prado e Lauro de Freitas, de 20 a 23 de maio.

Dados – Na Bahia, 120 crianças e adolescentes estão aptos à adoção e existem 1.413 pretendentes para adotar (dados de abril de 2019). Mas, mesmo assim, crianças e adolescentes continuam nas instituições de acolhimento, em razão de serem crianças crescidas ou já adolescentes, além de afrodescendentes ou pertencentes a minorias étnicas; com deficiências; necessidades específicas de saúde ou integram grupos de irmãos, entre outros motivos. Perfil que não condiz com as preferências da maioria dos habilitados para adotar.

O Dia Nacional da Adoção, instituído pela Lei 10.447, de 9 de maio de 2002, mobiliza diversos órgãos em campanhas de conscientização da população sobre a realidade das crianças e dos adolescentes que vivem ou que são assistidas em instituições de acolhimento.

CONFIRA A PROGRAMAÇÂO EM PORTO SEGURO E PARTICIPE
Dia 22/05, no Salão do Júri do Fórum Dr Osório Borges de Menezes

08h30 – 08h45 Dinâmica de apresentação

08h45 – 09h45 – Aspectos jurídicos da adoção (Juiz da Vara, MP, Defensoria Pública e Equipe Técnica responsável pela política municipal de acolhimento institucional (Alta Complexidade).

09h45 – 10h – Intervalo

10h – 10h30 – Dinâmica idealização do filho

10h30 – 11h30 – Aspectos psicológicos e sociais da adoção (equipe técnica da Vara)

11h30 – 12h30 – Depoimentos de convidados e trocas

12h30 – 13h30 – Intervalo

13h30 às 15h – Palestrante: Desembargador Salomão Resedá – Corregedor das Comarcas do Interior

15h às 16h – Depoimento da Srª Etani Souza Fontes, de Sergipe – SE, sobre a experiência de 47 adoções

Topo