• Começar de Novo: projeto Xadrez que Liberta é implantado em Presídio de Lauro de Freitas

    O projeto Xadrez que Liberta será implantado no Presídio de Lauro de Freitas, no próximo dia 7 de outubro, pelo Programa Começar de Novo, do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia.

    O lançamento será às 10 horas, em parceria com a Federação de Xadrez da Bahia e apoio da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

    O projeto foi criado pelo Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) e, adaptado à realidade do sistema prisional baiano, já funciona na Penitenciária de Feira e Santana, atendendo a 60 detentos.

    A iniciativa se utiliza da prática do jogo de xadrez pelos presos para, de forma lúdica e orientada por instrutores capacitados, favorecer a uma transformação de comportamento e reflexão quanto às atitudes dos apenados.

    As aulas serão ministradas por instrutores de enxadrismo, que já têm um histórico na participação em torneios, desenvolvendo habilidades como concentração, estímulo ao aprendizado, empatia e contenção de impulso.

    A carga horária do curso será de 16 horas semanais.

    De acordo com a gestora do Começar de Novo, a servidora Maria do Socorro Frerichs, a previsão é de que cerca de 600 apenados sejam beneficiados com o projeto Xadrez que Liberta em 2014, após a implantação, também, na Penitenciária Lemos Brito, em Salvador.

    Texto: Ascom TJBA

    COMPARTILHE: